Quem Somos

Olaria LogoSão Pedro do Corval é considerada a capital ibérica do barro. Com cerca de 22 olarias e cerca de três dezenas de artesãos, São Pedro do Corval é uma verdadeira escola da olaria tradicional. Mantendo intacta a sua raiz artesanal e cultural desde à centenas de anos, é considerada uma verdadeira aldeia de artesãos.

As olarias de São Pedro do Corval datam a sua existência desde o período árabe, por volta do ano de 1276. As peças de olaria com os seus padrões únicos e característicos, são um verdadeiro espelho da vida rural e tradição de São Pedro do Corval. As peças desta zona impõem-se naturalmente pela beleza da sua composição e o seu efeito decorativo único.

Foi no maior centro oleiro do país que surgiu a Olaria Carrilho Lopes. A 21 de Março de 1970, em São Pedro do Corval outrora chamada Aldeia do Mato, que pertence ao concelho de Reguengos de Monsaraz. Agostinho Gens Lopes Cachaço constitui, em nome individual, a olaria que hoje é gerida pelo seu filho, Antonio Carrilho Lopes.
A tradição oleira na família é secular, remontando ao tempo Francisco Lopes Cachaço, pai do fundador e avô do actual gerente.

Em 1997 a olaria foi constituida empresa, com a designação Olaria Carrilho Lopes, Lda, ficando António Carrilho Lopes e sua esposa, Catarina Carrilho Lopes, como sócios gerentes. Ao longo dos anos têm sido produzidas na olaria magníficas peças, sendo que grande parte dessas obras foram vendidas um pouco por todo o mundo.

Neste site podemos ainda encontrar cronologicamente a participação da olaria em diversas exposições, salientando como ponto mais alto a atribuição do prémio Artesão do Ano, no Casino Estoril, em 1985. A distinção ainda é maior se referirmos que, na atribuição daquele que foi até hoje o mais alto galardão conseguido pela Olaria Carrilho Lopes, figurava entre o júri o grande mestre Gargaleiro.